25 de abril de 2013

Bolo falso = Bolo cenográfico = Bolo de biscuit = Bolo de Tecido...

Olá queridos, boa tarde.

Seguindo a forte tendência das festas, hoje resolvi escrever sobre os "bolos falsos" ou também chamados bolos cenográficos.
Atualmente eles vêm dominando os cenários das festas infantis, chá de bebê e até casamentos.
Geralmente eles tem uma base feita de Isopor e podem ser revestidos por tecido, biscuit, papel, tinta, eva, etc.

O tipo de revestimento interferirá diretamente no resultado final da aparência do bolo. Por isso é muito importante saber escolher o material que será utilizado.
Várias empresas e fornecedores alugam esse tipo de bolo, mas você mesmo pode tentar fazer um para decorar o cenário do seu evento.
O aluguel costuma ser cerca de 50 a 70 % inferior ao valor de um bolo tradicional. (comestível)

Para alguns fornecedores o aluguel do bolo "falso" também evita desperdícios, já que nem todas as pessoas gostam do sabor muito doce da pasta americana, um dos ingredientes mais utilizados na confecção dos bolos comestíveis, por ser resistente e maleável.
Resultado: poucos comem o bolo real. 
Além disso, os bolos falsos são proprícios para eventos que serão realizados em longas distâncias ou em lugares muito quentes, onde o doce pode sofrer com a alta temperatura. E pode ainda ser uma ótima opção quando o lugar da festa não possuir infraestrutura nem recursos suficientes para a finalização do bolo comestível.

Trechos de Citação -  Mulher Uol




Imagens da internet: fonte Marcella Bolos Cenográficos - São Gonçalo - RJ


Imagens da internet: fonte Biscuit da Pati - site: Biscuit da pati


10 de abril de 2013

Idéias de Projetos e Decoração de Quartos Infantis

Olá meus queridos, boa tarde!
Dando apenas um "break" no tema festas, hoje vou postar algumas idéias de decoração para quartos infantis.

Como vocês sabem sou arquiteta. Adoro o tema decoração infantil, tanto nas festas quanto em casa.
Achei estas imagens pesquisando aqui na internet, são da mostra Q&E (Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1.227, Jardins, São Paulo). Os ambientes ficarão montados durante todo o ano.
Tem muitaaaaaa idéia legal, marcenaria bem trabalhada e colorida, o que dá um toque muito especial a qualquer amibiente!

As dicas que sempre dou para um projeto desse tema é tentar executar a parte da marcenaria de maneira que possa ser aproveitada futuramente, quando o bebê crescer. Fazendo-se apenas pequenas trocas de mobiliário ou acessórios. A questão da segurança da criança também é um ponto importante para ser observado.

Espero que vocês gostem também!
Beijinhos

 Andrezza Alencar

 Ana Cristina Tavares e Claudia Krakowiak Bitran, da KTA Arquitetura

 Arquiteto Marcelo Rosset 
Carmen Mansor, Fernando Azevedo e Tiza Kann, da Mak Interiores